seguro de saude

Qual o melhor seguro de saúde

Qual o melhor seguro de saúde
Qual o melhor seguro de saúde

Qual o melhor seguro de saúde

Saber qual o melhor seguro de saúde é bem mais complexo do que pode parecer, principalmente porque as exigências de cada pessoa são diferentes, por outro porque a oferta de uma seguradora estará sempre limitada a determinados aspetos.

Assim sendo um mesmo seguro de saúde com a mesma oferta poderá ser o melhor seguro de saúde para uma pessoa, e estar longe de o ser para outra.

Para que saiba qual o melhor seguro de saúde para si deverá ter em consideração aquilo que espera que o seguro lhe ofereça, assim poderá ajustar o seu contrato às suas necessidades.

Se utilizar com alguma frequência o serviço de consultas do serviço privado, talvez faça sentido contratar um plano com uma cobertura de ambulatório elevada.

Por outro lado se tal é algo muito pontual, e se praticamente só utilizar o serviço para consultas dentárias, talvez faça sentido encontrar um serviço que tenha uma cobertura de Estomatologia e lhe reduza o preço das consultas.

Para que possa fazer uma comparação, e saber qual o melhor seguro de saúde, tenha em consideração:

  • Limite de idade de subscrição
  • Limite de idade de permanência
  • Período de carência
  • Cobertura
  • Limite anual/total da cobertura
  • Comparticipação dentro e fora da rede
  • Copagamento/franquia
  • Serviços excluídos
  • Informações que poderão limitar o uso do serviço

A idade de subscrição permite-lhe saber se pode aderir ao serviço, mas provavelmente a idade de permanência terá um peso superior na escolha.

Com a idade vemos a acontecer uma série de condicionantes físicas, e por norma um acrescento de doenças, como tal seria nesta altura que poderia fazer mais sentido um seguro de saúde.

No entanto a esmagadora maioria dos seguros tem uma idade limite de permanência, e em alguns casos aplicado a cada cobertura individualmente.

Um exemplo disso é a cobertura em caso de invalidez total e permanente, que normalmente é aplicada até à idade da reforma, algo que fará sentido do ponto de vista da invalidez ser associada à incapacidade de trabalhar.

Neste caso poderá procurar um seguro sem idade limite de permanência, ou direcionado a pessoas mais velhas.

A cobertura é um fator de enorme importância. 

A maior parte dos seguros de saúde oferece-lhe uma cobertura para uma série de serviços, no então poderá não obter a cobertura no imediato.

A este período de espera para a utilização do serviço chama-se período de carência.

Em outros serviços poderá encontrar uma oferta limitada de número de serviços por ano, e mesmo quando tal não acontece existe, regra geral, um plafond limitado para os serviços.

Assim sendo poderá entender que a cobertura e o limite de utilização anual, ou a cobertura total que o seguro lhe oferece estão conectados.

Uma vez que estes são fatores que farão com que o seguro pague ou não o tratamento que usou, ou pretende usar.

O copagamento esta ao lado da cobertura no que toca à importância no peso de decisão.

O copagamento diz respeito ao valor que é pago em parte pela seguradora, em parte pelo cliente.

Assim se a seguradora pagar 25% de uma consulta, e a consulta for de 50€, então o valor a pagar pelo cliente será correspondente a 37,5€, ou seja três partes do valor total, de um bolo de quatro partes.

Quanto aos serviços excluídos, poderão dizer respeito a doenças graves, a doenças que já tinha antes de fazer o seguro, ou até mesmo de doenças infecto-contagiosas, entre outras situações.

Por vezes poderá ainda ver o seu seguro ser limitado por alguma situação que não estava prevista nas cobertura, nem nas exclusões. Mas que estarão sempre presentes no contrato.

Estas são algumas dicas para saber qual o melhor seguro de saúde, lembre-se que deverá ter toda a informação fornecida em consideração.

Terá, em suma, que indicar todos os fatores relacionados com a saúde de forma clara e verdadeira, uma vez que se não o fizer o seguro poderá anular o contrato e até mesmo recusar o pagamento do tratamento.

Da mesma forma que a informação prestada por si tem que ser verdadeira, a seguradora também deverá fornecer toda a informação acerca do seguro.

A não menção de alguma informação, mesmo que não ocultada intencionalmente terá um peso abonatório para o cliente.

Agora que sabe o que ter em consideração para saber qual o melhor seguro de saúde analise várias proposta e escolha o melhor para si.